Os 10 melhores países para você dirigir sem se estressar

holanda-dirigir

Dirigir é uma das atividades mais estressantes devido as más condições das vias e o trânsito, mas ao mesmo tempo pode ser uma atividade prazerosa para quem quer por o pé na estrada sem ter dor de cabeça. De acordo com a edição 2016 do Driver Satisfaction Index, elaborado pelo app Waze, a Holanda é o melhor país para dirigir. Veja os dez mais na escala de 0 a 10, sendo 10 a maior nota em satisfação para quem pega no volante:

  1. Holanda: 7,5 de satisfação

  2. França: 7,4

  3. Estados Unidos: 7,2

  4. República Tcheca: 6,9

  5. Suécia: 6,8

  6. Emirados Árabes Unidos: 6,8

  7. Letônia: 6,5

  8. Hungria: 6,5

  9. Eslováquia: 6,4

  10. Itália: 6,4


Fonte: Driver Satisfaction Index

10 problemas que a música pode resolver

Musicoterapia cada vez mais é utilizada na medicina e na vida cotidiana devido ao fato de surgirem vários novos estudos provando a eficácia da mesma em diversas áreas de atuação. Confira alguns dos problemas que a música pode ajudar:

musicotera

(mais…)

Os 10 carros menos visados para roubo e furto no Brasil

Os carros menos visados para roubo e furto vendidos no Brasil. A lista leva em consideração o número de carros segurados com a quantidade mínima de 10 mil veículos cadastrados na SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) dividido pela quantidade de sinistros do mesmo modelo. Confira os dez  modelos de carro menos visados em 2016:

carros-menos-roubados

(mais…)

Os 10 melhores museus para você conhecer no Brasil 2016

pina

Melhores museus do Brasil para você visitar de acordo com a última premiação do site TripAdvisor. Veja os dez melhores museus brasileiros em 2016:

  1. Pinacoteca de São Paulo (SP)

  2. Inhotim (MG)

  3. Instituto Ricardo Brennand (PE)

  4. Museu Oscar Niemeyer (PR)

  5. Museu Imperial (RJ)

  6. Museu do Futebol (SP)

  7. Catavento Cultural e Educacional (SP)

  8. Masp (SP)

  9. Museu de Ciências e Tecnologia da PUC-RS (RS)

  10. Museu Cais do Sertão (PE)


10 dicas para evitar ficar doente se alimentando melhor

alim

O Ministério da Saúde, elaborou um guia com dez dicas para a população brasileira ter uma alimentação melhor e reduzir os riscos de doenças. Confira:

  1. Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação.

  2. Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos.

  3. Limitar o consumo de alimentos processados.

  4. Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados.

  5. Comer com regularidade e atenção em ambiente apropriado e, sempre que possível, com companhia.

  6. Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados.

  7. Desenvolver, exercitar e partilhar habilidade culinárias.

  8. Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.

  9. Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora.

  10. Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais.


As 10 religiões que mais concordam com as opiniões do Papa Francisco

papaaa

Uma pesquisa da consultoria Gallup feita com pessoas de diversas religiões em mais de 80 países, revelou quais são as religiões que estão mais de acordo com as palavras do Papa Francisco. Veja o percentual a favor de cada religião:

  1. Católico Romano: 85% são a favor das opiniões do Papa

  2. Judaico: 65%

  3. Protestante: 53%

  4. Agnóstico/Ateu: 51%

  5. Outras religiões do Cristianismo: 50%

  6. Ortodoxo: 49%

  7. Outras religiões: 47%

  8. Hindu: 43%

  9. Budista: 33%

  10. Muçulmano: 28%


Fonte: Gallup International

+ As 10 maiores religiões do Brasil

Os 10 países mais religiosos do mundo

Os 10 países mais ateístas do mundo

Os 10 países mais religiosos do mundo

paises-mais-religiosos

Quais são os países mais religiosos do mundo? Segundo a última pesquisa da consultoria internacional Gallup, o Brasil ocupa a 23º colocação no ranking de religiões. Veja o Top 10 dos países mais religiosos do mundo:
.

  1. Tailândia: 94% da população possuem algum tipo de religião

  2. Armênia: 93%

  3. Bangladesh: 93%

  4. Geórgia: 93%

  5. Marrocos: 93%

  6. Fiji: 92%

  7. África do Sul: 91%

  8. Argélia: 90%

  9. Quênia: 89%

  10. Macedônia: 88%


23º. Brasil: 79%

Fonte: Gallup

Os 10 países mais ateístas do mundo

criacionismo-ateu

A porcentagem de ateísmo no mundo cresceu e atingiu a marca de 11% em todo o mundo, ou seja, aproximadamente 800 milhões de pessoas se declaram ateus convictos, é o que diz a pesquisa da consultoria Gallup feita em 65 países. Veja os dez países com mais ateus no mundo:
.

  1. China: 61% da população são ateus convictos

  2. Hong Kong: 34%

  3. Japão: 31%

  4. República Checa: 30%

  5. Espanha: 20%

  6. Bélgica: 18%

  7. França: 18%

  8. Suécia: 17%

  9. Alemanha: 17%

  10. Holanda: 15%


Brasil: 2%

Fonte: Gallup

10 lições de motivação que os atletas olímpicos utilizam que podem servir para você também

motivação

O site Eventbrite perguntou aos atletas olímpicos como eles se mantêm motivados e elaborou uma lista motivacional de acordo com as dicas deles. Veja as dez maneiras de aproveitar o espírito esportivo para alcançar seus objetivos:
.

1. Visualize o sucesso

É uma tática simples, mas de acordo com os grandes atletas, realmente funciona! Imagine-se naquela tão desejada entrevista de emprego ou fechando um contrato de patrocínio, que é um verdadeiro sonho para o seu evento. Projetar essas ações na sua mente irá te ajudar a manter o foco e acreditar que é possível. Quando você está trabalhando para alcançar um objetivo reserve 5 minutos do seu tempo para pensar sobre o momento atual. Pense sobre o que você vê, diz, e como sente – se você realmente mentalizar o cenário, o objetivo que tanto deseja ficará mais tangível. E uma vez que você começar a se sentir como um campeão passará a agir como um vencedor!
.

2. Seja “dono” do seu objetivo

Quando você está cansado ou estressado e sente que as horas estão se arrastando, ao invés de continuar executando suas tarefas no piloto automático, é vital parar para se lembrar das razões pelas quais você está fazendo tudo isso. E não é porque alguém te mandou fazer, por seu chefe, sua família ou coaching; você está fazendo isso por você. Esse é o SEU objetivo, aquilo que você quer alcançar e você está fazendo uma escolha consciente ao perseguir e lutar por esse sonho ou objetivo. Uma vez que você se lembrar disso e entender que ninguém está te forçando, você se sentirá mais motivado para enfrentar os desafios que encontrar pela frente.
.

3. Ame todo o processo, não apenas o resultado

Os atletas precisam encontrar motivação todos os dias para manter a rotina de treinos intensos e competir. Para isso, eles precisam ver o treinamento com amor – não importa o quão difícil seja – e amar o que fazem. A lição que podemos tirar disso é que, aceitando de braços abertos o trabalho duro que fazemos, iremos encontrar a satisfação – o que fará com que todo o processo seja agradável, e muitas vezes, divertido.
.

4. Avalie e reconheça seu progresso

Toda vez que você fizer algo que irá te aproximar do seu objetivo – mesmo que seja um pequeno passo – reserve uma pausa para reconhecer isso. Não deixe de vibrar por cada conquista. No fim do dia questione: “O que fiz de positivo hoje?” Talvez você finalmente tenha recebido a confirmação de um palestrante de peso no seu evento ou a de que um super DJ tocará em sua festa. Reconheça as pequenas coisas todos os dias. Isso o ajudará a se sentir proativo e comprometido com o seu objetivo a longo prazo.
.

5. Seja otimista

Sendo otimista e acreditando que coisas boas estão vindo ao seu encontro pode dar mais motivação e perseverância. Por outro lado, se você deixar o pessimismo te dominar, dizendo por exemplo: “Isso nunca vai acontecer comigo, os ventos estão soprando contra mim”, então você realmente terá mais chances de desistir. Ter atitude positiva é uma característica nata dos campeões. De fato, recentemente vimos o bicampeão de ginástica artística no solo, Diego Hypólito ganhar a prata na Rio 2016, depois de vê-lo cair em duas Olimpíadas (Pequim – 2008 e Londres – 2012). O atleta venceu seus medos, a depressão e mostrou ao mundo que é preciso persistir e lutar pelos seus objetivos. E ele superou tudo isso, conquistando uma medalha em casa e mostrando que é possível vencer e levantar mesmo depois de grandes tombos.
.

6. Não se compare com os outros

Se os atletas olímpicos focassem no sucesso de seus adversários seria muito desmotivador. A performance dos outros é algo que nós não temos controle, mas que podem influenciar a sua própria. Colocando todos os seus esforços em ser o melhor, sem ficar obcecado pelas habilidades dos outros envolvidos na competição, você permanecerá no controle. Você pode e deve fazer o mesmo. Ao invés de focar no sucesso dos outros ou naquele evento que tem mais sucesso do que o seu, jogue os pensamentos que te fazem se sentir inferior para longe. O desempenho deles não é relevante para você. Comece a pensar como você pode vencer o jogo e observe a sua própria evolução.
.

7. Encontre o treinador que existe dentro de você

Grandes atletas não conquistam o sucesso sozinhos, eles contam com um exército de pessoas por trás, que incluem treinadores, fisioterapeutas, nutricionistas e outros especialistas. É todo esse suporte que os mantêm no caminho certo e os ajudam a ter motivação. Ter a sua própria rede de apoio, seja ela formada por sócios, colaboradores ou até mesmo amigos e familiares, é tão importante quanto uma equipe olímpica. Tente envolvê-los na sua missão e peça apoio. Você também pode acelerar o passo e encontrar um mentor que possa ser seu coach e dar conselhos experientes que agregam valor à sua evolução.
.

8. Quebre seus objetivos em pequenos pedaços

Atletas aspirantes que sonham em um dia participar das Olimpíadas não treinam apenas com esse objetivo em mente. Eles sabem que antes de conseguir chegar lá terão de ganhar competições menores que irão qualificá-los a participar das maiores e para estar entre os melhores. Focando em uma competição de cada vez, ao invés de focar no objetivo maior, fica mais fácil escalar a grande montanha. Da mesma forma acontece nos negócios e para outros objetivos de vida, você pode determinar objetivos menores e de curto prazo para tornar possível e palpável o sucesso ao longo do caminho, alimentando a sua vontade de querer cada vez mais.
.

9. Prepare sua mente para os desafios

Se você sabe que algo difícil se aproxima, não entre em pânico ou se estresse. Tenha controle da situação antecipando o desafio e planejando sua estratégia para lidar com ele. Por exemplo, um boxeador tem de manter a calma e pensar rápido para não ser atingido por um soco, e ao mesmo tempo, nocautear seu adversário. Uma ginasta precisa se recuperar rapidamente se escorregar ou cair das barras. Ou seja, estar mentalmente preparado para desafios e até mesmo problemas, ajuda a lidar melhor com essas situações.
.

10. Desenvolva um ritual só seu

A maioria dos atletas tem um ritual pré-treino ou pré-competição que os ajuda a manter a calma e o foco no objetivo. Se você se encontra em uma situação estressante, como antes de uma entrevista de emprego ou de uma reunião importante, reserve um tempo para você, acalme-se e concentre-se no que realmente é importante e no que deve ser feito. Pense positivo e no que você conseguiu realizar para chegar até ali e veja o lado positivo da situação.

Os 10 hobbies mais comuns das pessoas mais ricas do mundo

doa

A Wealth-X, empresa que faz estudos sobre as pessoas mais ricas do mundo, divulgou recentemente uma lista, que analisa as tendências e hábitos das pessoas mais ricas do mundo. A pesquisa mostra a porcentagem de bilionários de acordo com as paixões, interesses e hobbies. Veja os dez mais:

  1. Doar dinheiro (Filantropia): 56,3%

  2. Viagens: 31%

  3. Arte: 28,7%

  4. Moda: 25,2%

  5. Política: 22,2%

  6. Vinhos: 15,9%

  7. Passeios de barco: 14,9%

  8. Exercícios físicos: 14,8%

  9. Carros: 14,5%

  10. Colecionar carros antigos: 14,1%











Lista 10 © 2007-2016