10 revistas extintas no Brasil

Há pouco tempo antes de entrar a Era Digital, a gente corria para bancas para garantir o exemplar de algumas revistas. Confira agora 10 revistas extintas no Brasil.
.

10. Almanaque Disney
Era uma revista de história em quadrinhos (banda desenhada) dos estúdios Disney, publicada mensalmente pela Editora Abril, inspirada na revista estadunidense “Walt Disney’s Comic Digest” . Era super popular nas férias escolares. Em julho de 2018, a editora deixou de publicar banda desenhada da Disney após 68 anos.

[read more] .

9. Billboard Brasil
Foi uma revista brasileira mensal de música inspirada no periódico estadunidense Billboard. Aqui no Brasil foi lançada em outubro de 2009 nas grandes capitais e cidades brasileiras pela BPP Promoções e Publicações, com mais de 40 mil exemplares. Mas após quase dez anos encerrou as atividades em janeiro de 2019.

.

8. Astronomy Brasil
Foi uma revista sobre astronomia lançada em maio de 2006, deixou de circular em agosto de 2007 após 16 edições. Deixando os fãs de astronomia órfãos aqui no Brasil.

.

7. ISTOÉ Gente
Foi uma revista brasileira de celebridades, publicada pela Editora Três e lançada em 1999.  A revista também era famosa por eleger uma vez por ano os 50 artistas mais sexy do Brasil. Em março de 2015, a Editora anunciou o fim da revista.

.

6. Jornal das Moças
O Jornal das Moças foi uma revista feminina que circulou no Brasil entre os anos de 1914 e 1965. O conteúdo era sobre a moda, conselhos de economia doméstica, contos, poemas, piadas, notícias do cinema, curiosidades, receitas culinárias, moldes de roupas da estação, fotos da sociedade fluminense, e muitos outros assuntos para as moças de família.

.

5. Mad
Foi uma revista norte-americana de humor satírico fundada pelo empresário William Gaines e pelo editor Harvey Kurtzman em 1952. A revista satirizava todos os aspectos da cultura popular americana. No Brasil por causa do formato polêmico, foi um vai e volta até ter sido cancelada em abril de 2017.

.

4. G Magazine ou Gay Magazine
Foi uma revista brasileira com conteúdo de nudez masculina e reportagens voltadas para o público homossexual masculino. Mas a mulherada também curtia. Lançada em Maio de 1997, chegou ao fim em junho de 2013, devido pouco procura pela revista.

.

3. Luluzinha Teen e sua Turma
Foi uma série de quadrinhos brasileira inspirada por mangás, desenvolvida pela Labareda Design e publicada pela editora Ediouro, por meio do selo Pixel. Era uma série juvenil contando as aventuras dos personagens como adolescentes. A série foi publicada entre junho de 2009 e março de 2015, um ano após o lançamento de Turma da Mônica Jovem.

.

2. O Vira-lata
Foi uma revista idealizada pelo médico Drauzio Varella com o objetivo da conscientização e prevenção da AIDS. Sua circulação era restrita ao complexo penitenciário da Casa de Detenção de São Paulo (conhecido popularmente como Carandiru). Seu lançamento ocorreu no início da década de 1990 e contou com 7 edições em mais de 10 anos.

.

1. Playboy
Foi uma revista de nudez direcionada para o público masculino e foi originalmente publicada pela Editora Abril, onde teve sua edição inaugural em 1975 e foi encerrada após 40 anos com 487 edições publicadas. Um grupo que comprou os direitos de publicação em 2016, PBB Entertainment, lançou mais 10 edições de periodicidade irregular até o fim de 2017.

[/read]
Veja Também

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *