10 consoles e portáteis que não fizeram muito sucesso

Quem gosta de video-games já viu muitos consoles e portáteis criarem uma enorme expectativa no público e falharem miseravelmente. Outros, ainda, fracassam sem nem mesmo terem seus nomes conhecidos. Sendo gamer ou não, conheça dez desses que poderiam ter sido um sucesso de vendas, mas não chegaram a passar de fase:
.

10. PSX
Também conhecido como Playstation X, foi lançado pela Sony no Japão em 2003. O console acumulava diversas funções, como gravador de DVD, reprodutor de músicas e até editor de vídeo. Mas nunca chegou a empolgar e em 2005 teve sua produção descontinuada.

9. Gizmondo
Apesar de ser bem moderno para a época, o portátil lançado em 2005 fracassou graças à estratégia errada de distribuição (ele só podia ser adquirido em quiosques próprios) e os pouquíssimos jogos disponíveis (apenas 14). No total, vendeu míseras 25 mil unidades.

8. Nomad
Foi a tentativa da Sega de criar um portátil em 1995. O problema é que ele ficou grande e pesado, porém com uma tela pequena. Para piorar, não era tão portátil assim, já que ele consumia pilhas muito rápido, fazendo com que muitos jogadores preferissem utilizá-lo na tomada. Vendeu 1 milhão de unidades.

7. Panasonic Q
Criado pela Panasonic em parceria com a Nintendo, esse console transformou o Gamecube em um aparelho que, além de rodar jogos, também era capaz de reproduzir DVDs, CDs de áudio, MP3s, dentre outras funções. Não chegou a vender 100 mil unidades em seus dois anos de vida.

6. Wii U
Apesar de ter vendido 14 milhões de unidades, a intenção da Nintendo era que ele superasse as 101 milhões de vendas do Wii. Logo após sua apresentação, porém, o mercado não se animou e as ações da Nintendo caíram 5,7%.

5. Lynx
O produto da Atari surgiu em 1989 como um concorrente do primeiro Game Boy mas, apesar de ter configuração superior, não foi capaz de fazer frente ao portátil da Nintendo.

4. XaviXPORT
É verdade que o Nintendo Wii revolucionou os games com seus controles por movimentos, mas vale ressaltar que o XaviXPORT foi o primeiro a utilizar o conceito. Porém, mesmo sendo lançado dois anos antes do Wii, não chegou nem perto de fazer o mesmo sucesso.

3. Pippin
Fruto de uma parceria entre Apple e Bandai, o console foi apresentado ao público em 1995. Apesar de ser moderno e contar com um modem, não chegou a empolgar, já que era difícil navegar na internet com ele. Também teve poucos títulos disponíveis.

2. N-Gage
Lançado em 2003, o aparelho da Nokia funcionava como celular e como console, mas era terrível em ambos. Além da falta de bons jogos, era necessário retirar a bateria para poder trocar o cartucho. Além disso, era incrivelmente bizarra a maneira de utilizá-lo para conversar.

1. Zeebo
Em 2009 a Tectoy lançou o console originalmente brasileiro, que foi um dos primeiros a não utilizar nenhum tipo de mídia física para a comercialização de jogos. Porém, o projeto não decolou e acabou sendo encerrado dois anos depois.

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE O POST









Lista 10 © 2007-2017