10 palavras de outros idiomas que não possuem tradução literal

A língua portuguesa é magnífica e rica em seu vocabulário. Mas quando se trata de tradução (na verdade são equivalências linguísticas), algumas palavras ficam difíceis de serem literalmente traduzidas. Conheça agora 10 palavras de outros idiomas que não possuem tradução literal.

[read more] .

10. Waldeinsamkeit (alemão)
A ideia é um sentimento de solidão ao estar envolto pelas árvores e em contato com a natureza. Não é solidão por solidão, tem o elemento solidão cercado por árvores, ou algo com contato com a mãe terra.
.

9. Culaccino (italiano)
Seria a marca de água que um copo gelado deixa quando é posto sobre as mesas.
.

8. Iktsuarpok (esquimó)
O mais perto seria “impaciência”. Mas é aquela sensação de que alguém está chegando e faz com que você vá verificar constantemente se a pessoas está do lado de fora.
.

7. Komorebi (japonês)
Pura poesia. É uma palavra poética que os japoneses têm para descrever quando a luz do sol é filtrada pelas folhas das árvores antes de chegar ao chão, criando sombras e buracos de luminosidade.
.

6. Sobremesa (espanhol)
Não é a mesma coisa que em português. Por lá, sobremesa é aquele momento em que conversamos com as pessoas que almoçaram e jantaram com a gente após termos terminado as refeições.
.

5. Pana Poo (havaiano)
Sabe quando você se esquece do lugar das chaves do carro, de casa ou qualquer outra coisa e leva os dedos à cabeça e faz aquele esforço para se lembrar?  Exatamente é nesse momento que os havaianos utiliza a palavra.
.

4. Goya (urdu)
Essa palavra é um tanto complexa, pois é normalmente utilizada para analisar as narrativas de histórias, se elas são capazes de criar um bom suspense e um senso de descrença do que pode ocorrer nas próximas páginas. É tipo “eu já sabia, mas não sei”.
.

3. Mangata (sueco)
É até bem bonito, essa palavra descreve aquele caminho de luz que a Lua cria com seu reflexo sobre a água do mar.
.

2. Prozvonit (tcheco)
Acho que a gente pode adotar essa palavra aqui em português. Gíria para os que ligam para um celular somente uma vez e já desligam para que a outra pessoa ligue de volta. Algo equivalente ao nosso “dar um toque”.
.

1. Tartle (escocês)
Aquele momento em que você vai cumprimentar ou apresentar alguém que não vê há tempos e se esquece do nome do sujeito. Seria nosso “deu branco”.
.

[/read]
Veja Também

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *