10 marcas que deixaram de existir

Seja pela qualidade, pelas propagandas ou apenas porque nos lembram de nossa infância, algumas marcas são realmente inesquecíveis. Aqui estão algumas que a maioria deve se recordar, mas quenão existem mais:
.

10. São Luiz
Muitos ainda devem se lembrar dos comerciais com o jingle “É São Luiz, é Nestlé”. Em 2000 a marca São Luiz acabou sendo deixada de lado e a Nestlé passou a comercializar biscoitos/bolachas apenas com seu próprio nome.
01

9. Yopa
Outra marca que a Nestlé “matou” no ano 2000 foi a dos sorvetes Yopa, da qual era dona desde 1972.
02

8. Tess
A operadora de telefonia celular que atuava no litoral e no interior de São Paulo foi fundada em 1998 e em 2003 virou Claro.
03

7. Mappin
Foi uma das principais lojas de departamento do Brasil. Fundada em 1913, fechou suas portas em 1999. A marca “Mappin” foi arrematada em leilão pelo dono das Lojas Marabraz.
04

6. Mesbla
Grande rival do Mappin no segmento varejista, as marcas acabaram se unindo em 1996. Teve a falência decretada no mesmo ano da ex-concorrente.
05

5. Kolynos
No Brasil desde 1917, o creme dental Kolynos passou a se chamar Sorriso em 1997.
06

4. Ki-suco
O suco em pó que fazia sucesso entre a criançada chegou ao Brasil em 1961 e esteve presente no país até o início da década de 2000.
07

3. Vasp
Fundada em 1933, chegou a ser a principal companhia aérea do Brasil. Acabou decretando falência em 2005.
08

2. Varig
Grande concorrente da Vasp, teve falência decretada um ano depois.
09

1. Cica
Fabricante de vários produtos alimentícios, ficou famosa pelo extrato de tomate com a estampa do Jotalhão. Depois de ser adquirida pela Unilever, passou a se chamar Knorr-Cica. Em 2003 a marca foi descontinuada.
10

VEJA TAMBÉM
DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE O POST










Lista 10 © 2007-2017