10 curiosidades sobre o Dia dos Namorados

Ai ai que data romântica para celebrar o amor do casal. Ah o amor!!! Confira agora 10 curiosidades sobre o Dia dos Namorados.

[read more] .

10. Como surgiu?
Essa data é uma homenagem a São Valentim, que, segundo a lenda, desafiou as ordens do imperador Cláudio 2º, celebrando o casamento de soldados em época de guerras na Roma antiga.
.

9. Amor condenado
De acordo com a lenda, São Valentim foi condenado justamente pela desobediência, pois Cláudio 2º acreditava que os solteiros eram soldados melhores. Enquanto estava preso aguardando a morte, ele recebeu inúmeros bilhetinhos de apoio, sendo um deles da jovem cega Astérias, pela qual Valentim se apaixonou e, com um milagre, devolveu-lhe a visão. Milagre do amor.
.

8. Para sempre seu
Ainda segundo a lenda, no bilhete de despedida que escreveu para sua amada, o religioso teria escrito: “Your Valentine” (“Seu Valentim”), termo encontrado até hoje nos cartões que os namorados entregam para os amados na data. Diz a lenda que ele foi morto no dia 14 de fevereiro, razão para a data ter sido escolhida para homenageá-lo.
.

7. Santo que não é santo
No século 5 d.C., a igreja católica reconheceu São Valentim como santo a fim de se apossar das festas pagãs que desviavam a atenção dos fiéis perto da data. No entanto, nunca houve qualquer prova real da existência de Valentim, tendo existido três supostos mártires diferentes sob o mesmo nome. Então, em 1969, a igreja passou a não reconhecer mais Valentim como santo por falta de provas.
.

6. Sorte no amor
As festas pagãs eram parte do Festival da Lupercalia, em homenagem aos deuses. Uma das tradições era que cada rapaz sorteasse o nome de uma moça, de dentro de um jarro, que deveria ser sua acompanhante tanto no festival quanto em outras comemorações até o ano seguinte. Com a convivência, alguns casais acabavam se apaixonando e casando.
.

5. Acasalamento
Outro fato que pode explicar a escolha para a data é que, na Idade Média, dizia-se que 14 de fevereiro era o primeiro dia da temporada de acasalamento dos pássaros. Momento que parecia propício para os namorados da época deixarem bilhetinhos de amor na porta das amadas, geralmente acompanhado de flores.
.

4. Nada de presente
A data não é para troca de presentes somente entre namorados, como acontece no Brasil em 12 de junho, mas, sim, uma oportunidade para presentear professores, pais, filhos e até bichos de estimação. É o dia de celebrar o amor, quem você ama.
.

3. Shakespeare apaixonado
O romance “Romeu e Julieta”, escrito por William Shakespeare, se passa na cidade italiana de Verona e até hoje milhares de bilhetes e cartas endereçadas à jovem da trama chegam até o local, especialmente no Valentine’s Day. São enviadas cartas de amor, bilhetes românticos.
.

2. Love x Money
Aqui no Brasil, o Dia dos Namorados é celebrado em 12 de junho por razões comerciais. Em 1948, a rede de lojas Clipper contratou o publicitário João Dória, pai do atual prefeito de São Paulo, para melhorar as vendas no mês de junho. Ele, então, criou o slogan “não é só de beijos que vive o amor” para incentivar os casais a desembolsarem dinheiro em agrados para seus pares, dando presentes e fazendo a loja faturar. Nada romântico!
.

1. Mas então por que dia 12 de junho?
Inspirado no Valentine’s Day, Dória adaptou a celebração para que antecedesse o dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Em 1949, foi celebrado o primeiro Dia dos Namorados no Brasil. Belo marketing!
.

[/read]
Veja Também

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *