10 filmes nacionais antigos que você precisa ver

O cinema brasileiro sempre viveu seus altos e baixos, mas é inegável que muitos ótimos filmes foram produzidos por aqui. Por isso recomendamos esses dez filmes nacionais com mais de 30 anos, para quem quer dar uma variada nos títulos de Hollywood e da Netflix. Divirta-se:
.

10. Toda Nudez Será Castigada
Sob direção de Arnaldo Jabor, o filme de 1972 narra a história de um viúvo bastante conservador que acaba se apaixonando por uma prostituta e sobre como isso destrói sua vida. Vencedor de vários festivais, foi baseado na peça de mesmo nome escrita por Nelson Rodrigues.

[read more]

9. O Assalto ao Trem Pagador
Explorando um fato real ocorrido dois anos antes, o filme lançado em 1962 oferece aos espectadores sua versão sobre o famoso roubo. Com Reginaldo Faria e Grande Otelo no elenco, foi um sucesso de crítica e abocanhou prêmios mundo afora.

8. Eles não Usam Black-tie
O filme de 1981 conta a história de um operário que é obrigado a furar a greve encabeçada pelo próprio pai. Muito premiado internacionalmente, acabou levando o Leão de Prata no Festival de Veneza.

7. Matou a Família e Foi ao Cinema
Apontado pela crítica como um dos melhores filmes nacionais já produzidos, o longa de 1969 traz curiosos relatos intercalados após o protagonista matar os pais a navalhadas e ir tranquilamente ao cinema. Em 1991 o filme ganhou um remake.

6. Um Pistoleiro Chamado Papaco
É uma pornochanchada que utiliza diversos clichês de faroeste para contar a saga de Papaco, que sai andando por aí arrastando um caixão com mercadorias que pretende negociar. O filme, que conta até com cenas de sexo explícito, é considerado cult hoje em dia.

5. Jeca Tatu
Nesse filme o gênio Mazzaropi interpreta um dos mais famosos personagens de Monteiro Lobato: o caipira que vai parar na cidade grande e fica maravilhado e perdido ao mesmo tempo. Filmado em 1959, foi o 10º dos 33 filmes do ator.

4. O Padre e a Moça
Lançado em 1965, conta a história de um padre que se apaixona por uma mulher prometida em casamento a um rico comerciante local. Também foi muito premiado e chegou a ser indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim.

3. Ópera do Malandro
Esse musical foi adaptado da peça teatral homônima escrita por Chico Buarque. O filme explora o estereótipo do carioca boêmio nos anos 40, sempre muito alegre e com ótima lábia. Além do roteiro, Chico Buarque também compôs todas as 15 músicas apresentadas no filme.

2. À Meia-Noite Levarei Sua Alma
Considerado um dos melhores trabalhos de Zé do Caixão, o filme de 1964 tem em seu enredo um coveiro que pretende gerar o filho perfeito para continuar seu legado. Também foi premiado em diversos festivais internacionais de cinema.

1. Cabaret Mineiro
O filme dirigido por Carlos Alberto Prates Correia traz as aventuras libertinas de Paixão, que conhece seu amor durante uma viagem de trem pelo norte de Minas, mas a perde e sai à sua procura. Um trecho bem conhecido hoje em dia é a música que diz “vamo dançá, tudo nu, tudo nu…”

[/read]
Veja Também

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *