avtt1 10 sites confiáveis para comprar mais barato da China e outros países
avtt2 As 10 celebridades brasileiras mais impossíveis de se ver nua
avtt3 10 piscinas que você faria de tudo para estar nelas agora

Os 10 melhores empregos do mundo

Zelador de ilha paradisíaca
Bem Southall, de 34 anos, ganhou esta vaga depois de passar por cima de 35 mil pessoas que também lutaram pela vaga. Seu trabalho consiste em nadar, explorar as maravilhas naturais e relaxar na ilha de Hamilton. Mas não é só isso: ele também ganha 111 mil dólares para trabalhar lá durante seis meses. A parte mais trabalhosa do emprego é escrever um blog para promover a beleza da área.
Provador de camas de luxo
A estudante inglesa, Roisin Madigan, de 22 anos ganhou mil libras para testar camas de luxo durante um mês. Madigan realizou o trabalho como parte de uma pesquisa feita pela empresa Simon Hord, especializada em camas de luxo. Ela ficava deitada nas camas do showroom da empresa das dez da manhã às seis da noite, além de escrever em um blog sobre a sua experiência com cada uma das camas.
Analista de tobogãs
Tommy Lynch já viajou por todo o mundo testando tobogãs de parques aquáticos. Ele trabalha para uma empresa no ramo do entretenimento, e testa a altura, velocidade, quantidade de água e qualidade da “aterrisagem” dos tobogãs, além de cuidar dos aspectos de segurança dos brinquedos. Só em 2009 ele já cuidou da segurança e qualidade de tobogãs na Grécia, Turquia, Flórida, Jamaica e Ibiza.
Testador profissional de prostitutas
Jaime Rascone é modelo e DJ e trabalha na empresa de acompanhantes Fiorella e realiza o último passo no processo de contratação para o trabalho no local. Lá, as garotas passam por um processo de seleção com entrevistas, sessões de fotos e testes psicológicos. O último passo para a contratação passa pelas mãos de Rascone, que testa até seis garotas em um único dia. Ele tem que então escrever relatórios sobre os movimentos e gemidos das garotas e recomendar
Provador de vinhos e blogueiro
Um trabalho que permite que você more no coração do local de produção de vinhos da Califórnia, nos Estados Unidos, sem pagar aluguel e ganhando 10 mil dólares, cerca de 17 mil reais – mensais por seis meses e tudo que você tem que fazer é escrever no Twitter e no Facebook sobre as suas experiências. Hardy Wallace conseguiu esta incrível vaga de trabalho.
Provador de doces
Harry Willsher pode não ter o melhor emprego do mundo, mas com certeza tem o mais doce: o garoto de 12 anos é provador-chefe dos doces da Swizzell’s Mattlow. Ele ganhou o emprego depois de ganhar um concurso realizado pela empresa, em que descreveu o sabor de seu doce preferido. O jovem testa os novos produtos da empresa, e também ajuda a monitorar o desenvolvimento da nova fábrica da Swizzell.
Testador de camisinhas
Este trabalho não deixou ninguém rico, mas acredito que ninguém se importaria de ter que trabalhar em casa. A fabricante de preservativos Durex abriu 200 vagas para que homens testassem seus produtos e dessem opiniões sinceras sobre a performance das camisinhas. O trabalho pagava com 60 dólares, em produtos da empresa, além de oferecer um bônus de mil dólares a um dos sortudos.
Provador de World of Warcraft
Você pode se inscrever para concorrer a um emprego que os quase 12 milhões de jogadores só sonham, e testar as novidades do WoW. Atualmente, a empresa que fabrica o jogo está procurando por pessoas que falem alguma língua além do inglês, então se você tem um inglês afiado além da sua língua nativa, e até mais alguma outra, pode se inscrever para fazer carreira na empresa aqui.
Diretor de diversão em um museu
Um ambicioso garoto de seis anos queria se tornar diretor do Museu Feroviário Nacional, mas acabou se tornando diretor de diversão do museu. Sam Pointon enviou uma carta escrita à mão pedindo por uma entrevista no museu, explicando que, apesar da sua idade, achava que podia fazer o trabalho de diretor do local. Ele não conseguiu a vaga para dirigir o museu, mas foi contratado para dizer como ele acha que o museu pode se tornar o mais divertido possível.
10º
Ciclista/fotógrafo para o Google Maps
O Google contratou dois jovens sortudos para andar de bicicleta pela França, tirando fotos de locais históricos e turísticos que não podem ser acessados de carro.
Os ciclistas, que usam camisetas do Google e toda esta parafernália para realizar o trabalho, visitam o Castelo de Versalhes, o jardim de Luxemburgo e vários outros locais incríveis do país

Li no: Hypescience
Veja também Os 10 empregos mais bizarros da história

Favoritar

DEIXE SEU COMENTÁRIO