10 lugares mal assombrados pelo mundo (Brasil também tem)

Você teria coragem de fazer turismo em um lugar mal assombrado? Então programe agora sua próximas férias. Conheça agora 10 lugares mal assombrados pelo mundo (Brasil também tem).
.

10. Cemitério de Xoxocotlan – México
Esse cemitério apesar de ser um dos mais bonitos do mundo, há relatos que é muito comum ouvir os mortos, presenciar aparições, o som de sussurros, palmas, batidas e objetos que se movem entre as lápides e próximo da capela local. Fica em Xoxocotlan, no México e é muito visitado no dia dos mortos. Essa celebração tem raízes pré-hispânicas e as festas se iniciam no dia 31 de outubro. Acredita-se que nesse dia os espíritos dos mortos saiam de suas tumbas para visitar seus parentes, que oferecem a eles alimentos e bebidas de que gostava quando vivos.

[read more] .

9. Orpheum Auditorium – USA
Localizada em New Bedford, Massachusetts, essa casa de ópera parece ter o visual deslumbrante e um desenho bem angelical no teto. Mas na verdade, o local é um lar repleto de vozes do além, gritos e barulhos de arrepiar. Tudo isso já foi ouvido e presenciado por alguns moradores da cidade, porque ainda existe um supermercado em parte do antigo terreno. Esse mistério tem um detalhe muito importante: o auditório foi inaugurado no mesmo dia em que o Titanic naufragou, em 15 de abril de 1912.

.

8. Ilhas das Bonecas – México
O México esconde uma ilha horripilante, localizada ao sul da ilustre Cidade do México. Em meados de 1951, uma menina brincava no local e morreu afogada, tentando capturar sua boneca que havia caído no lago. Alguns moradores juravam que ouviam o choro da pobre garotinha durante o dia todo, e isso fez com que um vizinho, Don Julian Santa Ana Barrera, tivesse uma ideia bem estranha: o cara começou a recolher bonecas, doadas por habitantes da cidade, e passou a pendurá-las nas árvores perto do lago em que a tragédia aconteceu. Mas o intrigante é que Julian morreu afogado no mesmo lugar que a menina, isso em 2001.

.

7. Beelitz-Heilstätten – Alemanha
Conhecido como o “hospital militar de Hitler” por já ter tratado uma lesão na coxa do ditador mais famoso do mundo, durante a Grande Guerra, esse complexo possui 60 edifícios e foi construído no final do século 19, com o intuito de reabilitar o crescente número de pacientes com tuberculose em Berlim na época. Depois da queda da Alemanha Oriental, o hospital foi completamente abandonado e hoje você só enxerga camas enferrujadas, edifícios cobertos de vinha e corredores vazios com as paredes pichadas.

.

6. Abadia de Thelema – Sicília
Esse local era uma comuna de um dos ocultistas mais famosos e sinistros da História, Aleister Crowley, mas foi proibida por Mussolini após uma morte acidental no local, em 1923. Atualmente, o lugar dá indícios que foi abandonado, se parecendo com uma ruína, cheia de mato e com muitos objetos bizarros de “mão esquerda” em volta. A comuna ainda é preservada, e não é por causa da proibição de Mussolini, mas sim pela fama em ser um lugar totalmente mal-assombrado, sendo a morada de alguns demônios na Terra, nenhuma alma viva se arrisca a entrar no local.

.

5. Ilha da Queimada Grande – Brasil
Terras brasileiras também tem suas histórias de terror. Situada a 35 km de Itanhaém, no litoral sul de São Paulo, o lugar é visto como o verdadeiro inferno na Terra, para entrar lá precisa até de uma autorização da Marinha. O motivo é simples: a ilha tem a incrível média de nove cobras por metro quadrado, ou seja, são mais de quatro mil no total, prontas para dar o bote a qualquer momento. Todas essas criaturas são do tipo Jararaca-Ilhoa (Bothrops insularis), com um veneno megapotente capaz de matar uma pessoa em poucos segundos.

.

4. Edifício Joelma – Brasil
Mesmo após a reforma as pessoas acreditam que o edifício ainda é assombrado. Localizado em São Paulo e atualmente chamado de edifício Praça da Bandeira, esse prédio pegou fogo em fevereiro de 1974, fazendo com que muitas pessoas se jogassem dos andares como forma de tentar escapar da morte. Ao todo, foram 188 mortes, e desde então uma lenda começou entre os moradores da região. Os rumores dizem que o terreno onde o prédio foi construído era amaldiçoado e que fantasmas rondavam o local frequentemente. A lenda vai além: durante o incêndio, 13 pessoas tentaram escapar por um elevador, mas não deu certo. Os corpos (não identificados) foram enterrados lado a lado no cemitério São Pedro, na capital paulista.

.

3. Manchac Pântano – USA
Localizado na cidade de Louisiana, a região é um verdadeiro cenário de histórias de terror. Inclusive, reza a lenda que uma bruxa vodu lançou suas mandingas no lugar. Aparentemente, o Manchac não tem nada de macabro, sendo apenas uma região com muitos crocodilos. Porém, o pântano ganhou a fama de ser mal-assombrado devido a um costume antigo: séculos atrás, o lugar era o ponto predileto para práticas vodu.

.

2. Ilha de Alcatraz – USA
É onde abriga o presídio mais desumano dos Estados Unidos, por isso é tão famosa. Alcatraz é um dos lugares mais mal-assombrados dos EUA. A história conta que centenas de presos morreram em brigas ou rebeliões; os visitantes afirmam que ouvem vozes, passos, celas que se abrem e fecham sozinhas. Durante 29 anos, a prisão de Alcatraz nunca registrou oficialmente fugas bem sucedidas de prisioneiros. Em todas as tentativas, os fugitivos foram mortos ou afogavam-se nas águas da baia de São Francisco. Três fugitivos, Frank Morris, e os irmãos John e Clarence Anglin, desapareceram das sua celas em 11 de Junho de 1962. Somente algumas provas foram encontradas, e elas levam a crer que os prisioneiros morreram, mas, oficialmente, ainda estão listados como desaparecidos e provavelmente afogados.

.

1. Ilha Poveglia – Itália
A má fama desta ilha de 17 hectares se arrasta há centenas de anos. Ainda no século XIV o local foi razão de disputas entre venezianos e genoveses e, por este motivo, ainda apresenta traços de fortificações. Quatro séculos mais tarde, era um centro de quarentena para os navios que chegavam a Veneza. Depois foram descobertos em dois navios indícios da peste negra, doença que dizimou a Europa, o local foi fechado e usado para hospedar pessoas com doenças infecciosas. Lendas locais diziam que pacientes à espera da morte eram assombrados por fantasmas dos que já tinham perecido por ali. Um hospital para os idosos foi inaugurado em 1922 e operou até 1968. Há rumores de que ali foram realizadas experiências com doentes mentais, incluindo as brutais lobotomias. O diretor da instituição teria sido levado à loucura por fantasmas e se atirado da torre do hospital, segundo crenças populares.

.

[/read]
Veja Também

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *