pos1 10 sites para você responder pesquisas e ganhar dinheiro e prêmios
trtrt Os 10 trotes universitários mais brutais
posicao 10 posições sexuais que desafiam as leis da física

10 Pessoas que sobreviveram ao impossível

A bela história de algumas pessoas que sobreviveram aquilo que parecia o impossível.

1. Vesna Vulovic: A Aeromoça que sobreviveu a um ataque terrorista a 33000 pés de altitude

Em 26 de janeiro de 1972, um avião Airlines DC-9 levantou vôo de Copenhagen para Belgrado com 28 passageiros e tripulantes. A uma altitude de 33.000 pés, uma bomba colocada na no compartimento de cargas, plantada pelo grupo separatista Ustashe croata, explodiu, fazendo a aeronave cair.
A única sobrevivente foi a aeromoça Vesna Vulovic de apenas 22 anos de idade. Com a queda ela fraturou o crânio, duas pernas, e três vértebras.

2. Frane Selak: Escapou de um acidente de trem, avião, ônibus, um carro em chamas e 2 acidentes automobilísticos

O professor de música croata, Frane Selak (nascido em 1929) teve sua primeira experiência quase-morte em janeiro de 1962, quando Selak pegou um trem e o mesmo descarrilou, matando 17 passageiros, ele conseguiu escapar apenas com um braço quebrado. Um ano mais tarde, sofreu um acidente de avião, acordando alguns dias mais tarde no hospital com pequenas lesões. Em 1966,o ônibus em que Selak estava, caiu em um rio e matou 4 pessoas. Selak saiu ileso, passando ainda por mais 3 acidentes de carro.

3. 16 sobreviventes de um acidente aéreo na Cordilheira dos Andes

No dia 13 de outubro de 1972, numa sexta-feira, um avião da Força Aérea Uruguaia sobrevoava ao longo dos Andes, quando o piloto cometeu um erro de cálculo e iniciou a descida prematura da aeronave fazendo a mesma se chocar com o pico Geleira das Lágrimas, situado entre Chile e Argentina.
Doze pessoas morreram na hora e os sobreviventes tiveram que suportar um frio de menos 30 graus e a fome, se alimentando da carne dos mortos. Finalmente após 72 dias eles foram resgatados e venceram a morte.

4. Anatoli Bugorski: O Homem que sobreviveu a um Feixe de um Acelerador de Partículas

Como pesquisador do Instituto de Física de Altas Energias Protvino, Bugorski era o responsável pelo trabalho com o maior acelerador de partículas soviético, o Synchrotron U-70. No dia 13 de julho de 1978, após verificar uma avaria em uma peça do equipamento fazendo a mesma emitir um feixe de luz de 200.000 rads (600 rads já é o suficiente para matar uma pessoa). O feixe atravessou seu cérebro corroendo ossos e tecidos cerebrais. Bugorski sobreviveu mas, ficou surdo e com todo o lado esquerdo de seu rosto paralisado.

5. Roy Sullivan: Atingido por raios 7 vezes

O guarda florestal Roy Sullivan, entrou para o livro dos Recordes após ser atingido sete vezes por raios em seus 36 anos de carreira.
O primeiro ataque relâmpago, aconteceu em 1942. Sullivan foi atingido na perna e perdeu unha. Em 1977 aconteceu o seu último ataque, deixando-o com queimaduras no peito e estômago.
Roy Sullivan morreu em 28 de setembro de 1983 com 71 anos de idade, a causa do óbito, suicídio devido a um amor não correspondido.

6. Joe Simpson: Conquistou o Siula Grande e sobreviveu a uma queda de 30 metros em uma fenda de Gelo

Nascido em 13 de agosto de 1960, o alpinista Joe Simpson ganha a vida atualmente dando palestras motivacionais. Sua história de superação começou no dia em que Simpson e seu amigo Simon Yates resolveram chegar ao pico Siula Grande, até ai tudo bem, mas na hora de descer Joe sofreu uma queda de mais de 30 metros em uma fenda Gelo. Yates não tendo o que fazer voltou ao acampamento e simpson teve rastejar durante 3 dias com uma perna quebrada até chegar a salvo no acampamento base.

7. Truman Duncan: Sobreviveu a queda de um trem

O funcionário de uma linha férrea, Truman Duncan teve sua experiente quase morte quando caiu na frente de um trem em movimento. O trem o arrastou por alguns metros cortando suas duas pernas. Embora tenha perdido um rim e as duas pernas, Duncan ainda conseguiu ligar de seu celular para os paramédicos, ele ainda esperou 45 minutos pelo socorro e já foi exposto a de mais 23 cirurgias.

8. Aron Ralston: Amputou o seu antebraço para sobreviver na montanha

Em maio de 2003, enquanto Aron Ralston estava em uma viagem ao John Canyon em Utah, um pedra gigante caiu sobre seu antebraço direito, esmagando-o.
Após tentar, durante cinco dias, levantar a rocha e totalmente desidratado e delirante, Ralston decidiu amputar seu próprio antebraço para salvar sua vida, usando uma lâmina cega, ele cortou o tecido que o estava prendendo a pedra. Ele conseguiu se libertar e foi resgatado por autoridades do parque.

9. Robert Evans: Atropelado por um carro e um trem no mesmo dia

"Ele pegou duas caronas de ambulância na noite passada", disse a polícia. Trata-se de uma extrema esquisitice um sujeito ser atropelado por um carro e 7 horas depois ser atropelado por um trem, foi isso que aconteceu com Robert Evans, após ser atropelado por um carro, Evans estava voltando do hospital, caminhando sobre a linha do trem, quando a toda velocidade o comboio passou ao seu lado e uma grade o atingiu, ele voltou ao hospital com ferimentos graves, mas para sua sorte mais uma vez sobreviveu.

10. Mauro Prosperi: Sobreviveu 9 dias no Deserto do Sahara

O ávido maratonista Mauro Prosperi, participou de sua pior maratona em 1994 no deserto do Sahara, quando uma tempestade de areia causou uma confusão no sentido percorrido por Prosperi, ele correu na direção errada ficando perdido durante nove dias no Deserto, se alimentando de morcegos e eventualmente cobras e para se manter hidratado bebia sua própria urina. Prosperi ainda tentou o suicídio cortando seus pulsos, mas seu sangue coagulou muito rápido, em seguida ele foi encontrado por nômades que o ajudaram.

Favoritar

DEIXE SEU COMENTÁRIO